Portos de Portugal
Viagem ao Centro do Mundo

Porto de Viana do Castelo,
Alberga o maior estaleiro do País

Porto de Leixões
Referência na Região Norte do País

Porto de Aveiro
Uma solução Intermodal competitiva

Porto da Figueira da Foz
Promotor da Economia da Região Centro

Porto de Lisboa
Atlantic Meeting Point

Porto de Setúbal
Solução Ibérica na Região de Lisboa

Porto de Sines
Porta do Atlântico

Portos da Madeira
O Paraíso dos Cruzeiros

Portos dos Açores
A sua plataforma no Atlântico

Quem Somos

A APP – Associação dos Portos de Portugal é uma Associação sem fins lucrativos constituída em 1991, com o objectivo de ser o fórum de debate e troca de informações de matérias de interesse comum para os portos e para o transporte marítimo.

Pretende-se que a APP contribua para o desenvolvimento e modernização do Sistema Portuário Nacional, assumindo uma função que esteve subjacente à sua criação: constituir-se como um espaço privilegiado de reflexão e de decisão.



Newsletter

Clique aqui para se registar na newsletter.

Clique aqui para sair da newsletter.

Janela Única Logística



Notícias

Porto de Leixões assina acordo com ZALDESA

O Porto de Leixões disponibilizou uma parcela de 4.500 metros quadrados com um armazém das mesmas dimensões à Zona de Atividades Logísticas de Salamanca (ZALDESA), refere o portal “El vigia”.

Alfonso Fernández Mañueco, alcaide de Salamanca, apresentou o acordo entre as duas instituições, afirmando que este é “uma presença física que potenciará o tráfego de mercadorias desde Salamanca e a sua área de influência até ao porto”. O responsável adiantou ainda que o porto de Leixões estará presente na Plataforma Logística de Salamanca, com uma superfície de cinco mil metros quadrados, assim como também estará entre os acionistas de ZALDESA.

“Uma relação contratual única dentro da Península Ibérica porque é a primeira vez que um porto que não é espanhol faz parte do capital social de uma plataforma do interior”, acrescentou o alcaide. Este acordo vai permitir a Leixões a expansão da sua área de influência, sendo Salamanca uma porta de entrada e saída para o transporte de mercadorias entre Portugal, Espanha e o resto da Europa. Alfonso Fernández Mañueco concluiu que o acordo torna “as duas partes favorecidas porque somando os recursos de Leixões e de ZALDESA somos mais fortes”, no âmbito do Corredor Europeu Prioritário n.º 7, do qual fazem parte as duas infraestruturas.

fonte