Portos de Portugal
Viagem ao Centro do Mundo

Porto de Viana do Castelo,
Alberga o maior estaleiro do País

Porto de Leixões
Referência na Região Norte do País

Porto de Aveiro
Uma solução Intermodal competitiva

Porto da Figueira da Foz
Promotor da Economia da Região Centro

Porto de Lisboa
Atlantic Meeting Point

Porto de Setúbal
Solução Ibérica na Região de Lisboa

Porto de Sines
Porta do Atlântico

Portos da Madeira
O Paraíso dos Cruzeiros

Portos dos Açores
A sua plataforma no Atlântico

Quem Somos

A APP – Associação dos Portos de Portugal é uma Associação sem fins lucrativos constituída em 1991, com o objectivo de ser o fórum de debate e troca de informações de matérias de interesse comum para os portos e para o transporte marítimo.

Pretende-se que a APP contribua para o desenvolvimento e modernização do Sistema Portuário Nacional, assumindo uma função que esteve subjacente à sua criação: constituir-se como um espaço privilegiado de reflexão e de decisão.



Newsletter

Clique aqui para se registar na newsletter.

Clique aqui para sair da newsletter.

Janela Única Logística



Notícias

PORTO DE VIANA DO CASTELO

Guindastes modernizados e dragagens em curso

O porto de Viana do Castelo está a ser alvo de investimentos, nomeadamente em dois campos: a modernização de guindastes e a execução de dragagens.

Segundo fonte da Administração do Porto de Viana do Castelo (APVC), a modernização de dois guindastes vai custar mais de 550 mil euros e deverá ficar concluída até final do ano: "Trata-se de uma intervenção que faz parte de um programa de reabilitação de todos os equipamentos de elevação do porto de Viana do Castelo. Há dois guindastes já totalmente reabilitados, está em curso a reabilitação destes dois e seguir-se-á, durante 2014, a dos restantes dois".

Esta obra consiste na reconversão elétrica dos guindastes números 3 e 4 do porto comercial e deverá estar concluída num prazo de sete meses, segundo adjudicação feita no final de abril pela Administração do Porto de Viana do Castelo (APVC).

Entretanto, foi também aplicado perto de meio milhão de euros em dragagens no rio Lima nos primeiros meses de 2013. A primeira destas operações custou 345.900 euros e consistiu em dragagens de manutenção, realizadas entre janeiro e fevereiro deste ano, para "garantir a acessibilidade marítima" ao porto comercial, explicou a mesma fonte.

Foi dragada a barra e parte do canal de navegação, operação normalmente realizada uma vez por ano, depois de dezembro. "No fim do verão, faremos um levantamento hidrográfico para preparar a futura campanha de dragagens", acrescentou o responsável.

fonte