Portos de Portugal
Viagem ao Centro do Mundo

Porto de Viana do Castelo,
Alberga o maior estaleiro do País

Porto de Leixões
Referência na Região Norte do País

Porto de Aveiro
Uma solução Intermodal competitiva

Porto da Figueira da Foz
Promotor da Economia da Região Centro

Porto de Lisboa
Atlantic Meeting Point

Porto de Setúbal
Solução Ibérica na Região de Lisboa

Porto de Sines
Porta do Atlântico

Portos da Madeira
O Paraíso dos Cruzeiros

Portos dos Açores
A sua plataforma no Atlântico

Quem Somos

A APP – Associação dos Portos de Portugal é uma Associação sem fins lucrativos constituída em 1991, com o objectivo de ser o fórum de debate e troca de informações de matérias de interesse comum para os portos e para o transporte marítimo.

Pretende-se que a APP contribua para o desenvolvimento e modernização do Sistema Portuário Nacional, assumindo uma função que esteve subjacente à sua criação: constituir-se como um espaço privilegiado de reflexão e de decisão.



Newsletter

Clique aqui para se registar na newsletter.

Clique aqui para sair da newsletter.

Janela Única Logística



Notícias

Porto de Aveiro disputa cargas ibéricas com portos espanhóis

O Presidente da Administração do Porto de Aveiro, José Luís Cacho, disse esta quarta-feira que o porto aveirense disputa já com os espanhóis o mercado ibérico, apesar da ligação ferroviária ainda não ser de alta velocidade.

José Luís Cacho falava à Lusa à margem das comemorações do Dia do Porto de Aveiro, assinalada por uma conferência sobre os horizontes daquele porto até 2020, numa altura em que se aproxima a revisão do seu plano estratégico.

O Porto de Aveiro, de acordo com dados divulgados pela APA, registou nos primeiros dois meses do ano um aumento de 20,64% de mercadorias relativamente a igual período de 2012, atingindo as 568.001 toneladas.

Segundo José Luís Cacho, apesar da crise internacional e da retracção do mercado espanhol, Aveiro prossegue a "visão ibérica dos portos" e, agora que dispõe de ligação ferroviária, disputa aos portos espanhóis as cargas do centro de Espanha, como porto marítimo mais próximo.

"A partir de Aveiro já temos feito cargas para a região de Castela e Leon e para Madrid, e a ferrovia permite-nos alargar a nossa área de influência a toda aquela região que não tem mar, pelo que disputamos esse mercado como qualquer outro porto espanhol", disse à Lusa.

O presidente da Administração do Porto de Aveiro, cujo ramal de ligação à Linha do Norte, em Cacia, foi preparado para receber a bitola europeia, no âmbito do projecto da linha de alta velocidade Aveiro/Salamanca, admite que o processo de ligação à Europa possa "decorrer um pouco mais lentamente" devido à crise.

No entanto, espera que "arranque em 2017, de acordo com as metas traçadas pelo Governo no Plano Estratégico de Transportes" e ressalva que as atuais condições são suficientes para cobrir o mercado ibérico, com alguns melhoramentos do lado espanhol.

"A rede actual permite-nos satisfazer o mercado ibérico. Utilizamos a Linha da Beira Alta que foi remodelada há pouco tempo, mas há melhorias a fazer da parte espanhola para tornar os nossos portos mais competitivos", diz.
PUB

Em causa está a electrificação do ramal a partir de Fontes de Oñoro até Medina del Campo, "que era importante fazer para permitir utilizar as máquinas eléctricas que a CP dispõe", e depende da sensibilização das autoridades espanholas.

José Luís Cacho considera ainda que tem faltado ao mercado "operadores a trabalhar num contexto ibérico" para tornar os portos portugueses mais competitivos a esse nível.

fonte: LUSA

VISITE OS RECURSOS DO PORTO DE AVEIRO NA WEB

~ ~ ~ ~