Portos de Portugal
Viagem ao Centro do Mundo

Porto de Viana do Castelo,
Alberga o maior estaleiro do País

Porto de Leixões
Referência na Região Norte do País

Porto de Aveiro
Uma solução Intermodal competitiva

Porto da Figueira da Foz
Promotor da Economia da Região Centro

Porto de Lisboa
Atlantic Meeting Point

Porto de Setúbal
Solução Ibérica na Região de Lisboa

Porto de Sines
Porta do Atlântico

Portos da Madeira
O Paraíso dos Cruzeiros

Portos dos Açores
A sua plataforma no Atlântico

Quem Somos

A APP – Associação dos Portos de Portugal é uma Associação sem fins lucrativos constituída em 1991, com o objectivo de ser o fórum de debate e troca de informações de matérias de interesse comum para os portos e para o transporte marítimo.

Pretende-se que a APP contribua para o desenvolvimento e modernização do Sistema Portuário Nacional, assumindo uma função que esteve subjacente à sua criação: constituir-se como um espaço privilegiado de reflexão e de decisão.



Newsletter

Clique aqui para se registar na newsletter.

Clique aqui para sair da newsletter.

Janela Única Logística



Notícias

Porto de Setúbal Elimina Taxa sobre os Contentores

A Administração dos Portos de Setúbal e Sesimbra (APSS) aprovou a eliminação da Taxa de Uso do Porto (TUP) que até agora era aplicada à movimentação de contentores no porto de Setúbal.

No atual contexto nacional de crise económica, agravado pelas consequências negativas das greves dos estivadores, o Conselho de Administração da APSS considerou ser necessário, por um lado, contribuir de forma significativa para tornar as exportações nacionais mais competitivas, gerando emprego, e por outro, procurar recuperar o movimento de contentores do porto de Setúbal, que em 2012 registou uma redução de 38,2% (em unidades) face ao ano anterior, como consequência da instabilidade criada pelas greves contínuas dos estivadores, questão que foi levantada na recente reunião com a Comunidade Portuária de Setúbal.

Neste contexto, foi proposta ao IMT, Instituto da Mobilidade e dos Transportes, a importante medida de eliminação da TUP aplicada à carga contentorizada (0,4307 € por contentor), que simultaneamente permite ganhos a nível da simplificação do processamento administrativo das tarifas designadamente no que diz respeito à faturação e vai ao encontro com o disposto no Decreto-Lei nº273/2000, de 9/11, estando ainda em consonância com as recentes orientações da política setorial de tarifas para os portos.

A aplicação desta medida só entrará em vigor após aprovação pelo IMT.