Portos de Portugal
Viagem ao Centro do Mundo

Porto de Viana do Castelo,
Alberga o maior estaleiro do País

Porto de Leixões
Referência na Região Norte do País

Porto de Aveiro
Uma solução Intermodal competitiva

Porto da Figueira da Foz
Promotor da Economia da Região Centro

Porto de Lisboa
Atlantic Meeting Point

Porto de Setúbal
Solução Ibérica na Região de Lisboa

Porto de Sines
Porta do Atlântico

Portos da Madeira
O Paraíso dos Cruzeiros

Portos dos Açores
A sua plataforma no Atlântico

Quem Somos

A APP – Associação dos Portos de Portugal é uma Associação sem fins lucrativos constituída em 1991, com o objectivo de ser o fórum de debate e troca de informações de matérias de interesse comum para os portos e para o transporte marítimo.

Pretende-se que a APP contribua para o desenvolvimento e modernização do Sistema Portuário Nacional, assumindo uma função que esteve subjacente à sua criação: constituir-se como um espaço privilegiado de reflexão e de decisão.



Newsletter

Clique aqui para se registar na newsletter.

Clique aqui para sair da newsletter.

Janela Única Logística



Notícias

PORTO DE SETÚBAL

Lisnave recebe peças em operação no Rio Sado

O fundeadouro do Porto de Setúbal foi palco, no dia 10 de janeiro, de uma operação portuária pouco comum: a descarga de cinco blocos de aço, de bordo do navio “Seago Felixstowe”, de grande calado, agenciado pela Orey Comércio e Navegação. Estes cinco blocos destinam-se à modificação de um bolbo (parte saliente da proa, abaixo da linha de flutuação, cuja função é reduzir a resistência ao deslocamento do navio na água), que será realizada no estaleiro da Lisnave (Mitrena, em Setúbal).

A descarga realizou-se com o recurso a uma grua flutuante de 100 toneladas, um batelão e dois reboques. O bloco mais pesado rondava as 61 toneladas e o de menor peso as 17 toneladas, que no total dos cinco blocos perfez uma carga cerca de 215 toneladas, destinadas ao navio “Maersk Brownsville”, que se encontra em reparação no estaleiro da Lisnave e futuramente passará a chamar-se “ Seago Piraeus”.