Portos de Portugal
Viagem ao Centro do Mundo

Porto de Viana do Castelo,
Alberga o maior estaleiro do País

Porto de Leixões
Referência na Região Norte do País

Porto de Aveiro
Uma solução Intermodal competitiva

Porto da Figueira da Foz
Promotor da Economia da Região Centro

Porto de Lisboa
Atlantic Meeting Point

Porto de Setúbal
Solução Ibérica na Região de Lisboa

Porto de Sines
Porta do Atlântico

Portos da Madeira
O Paraíso dos Cruzeiros

Portos dos Açores
A sua plataforma no Atlântico

Quem Somos

A APP – Associação dos Portos de Portugal é uma Associação sem fins lucrativos constituída em 1991, com o objectivo de ser o fórum de debate e troca de informações de matérias de interesse comum para os portos e para o transporte marítimo.

Pretende-se que a APP contribua para o desenvolvimento e modernização do Sistema Portuário Nacional, assumindo uma função que esteve subjacente à sua criação: constituir-se como um espaço privilegiado de reflexão e de decisão.

Portos de Sines e do Algarve no Oceans Meeting

A APS – Administração dos Portos de Sines e do Algarve marcou presença institucional no Oceans Meeting que decorreu nos dias 7 e 8 de setembro, na Fundação Champalimaud, onde apresentou a actividade dos portos de Sines, Faro e Portimão.

O Oceans Meeting é uma iniciativa do Governo de Portugal e da Ministra do Mar, Ana Paula Vitorino, reuniu mais de 50 delegações internacionais compostas por representantes de alto nível governamental, para além de cientistas especializados no conhecimento dos oceanos.

Neste espaço único de encontro e de networking, várias empresas e entidades procederam à troca de sinergias e informação relativamente à importância do mar e dos oceanos no equilíbrio dos ecossistemas globais, na preservação e valorização dos recursos marinhos, na gestão das plataformas continentais e na conectividade internacional.

As principais temáticas relacionadas foram debatidas na Conferência Internacional que decorreu esta sexta-feira, dia 8 de setembro, dedicada ao tema “Os Oceanos e a Saúde Humana”, e que contou com a intervenção do Comissário Europeu da Investigação, Ciência e Inovação, Carlos Moedas. Um encontro em que participam também reputados especialistas, nacionais e internacionais.