Portos de Portugal
Viagem ao Centro do Mundo

Porto de Viana do Castelo,
Alberga o maior estaleiro do País

Porto de Leixões
Referência na Região Norte do País

Porto de Aveiro
Uma solução Intermodal competitiva

Porto da Figueira da Foz
Promotor da Economia da Região Centro

Porto de Lisboa
Atlantic Meeting Point

Porto de Setúbal
Solução Ibérica na Região de Lisboa

Porto de Sines
Porta do Atlântico

Portos da Madeira
O Paraíso dos Cruzeiros

Portos dos Açores
A sua plataforma no Atlântico

Quem Somos

A APP – Associação dos Portos de Portugal é uma Associação sem fins lucrativos constituída em 1991, com o objectivo de ser o fórum de debate e troca de informações de matérias de interesse comum para os portos e para o transporte marítimo.

Pretende-se que a APP contribua para o desenvolvimento e modernização do Sistema Portuário Nacional, assumindo uma função que esteve subjacente à sua criação: constituir-se como um espaço privilegiado de reflexão e de decisão.

Início de interação com Subcomissão das Nações Unidas

“A partir de 14 de agosto de 2017 terá inicio a interação de Portugal com a Subcomissão de Limites da Plataforma Continental (CLPC) das Nações Unidas, que permitirá a Portugal o exercício pleno de direitos de soberania sobre a plataforma continental para efeitos de exploração e aproveitamento dos seus recursos naturais. Esta proposta foi submetida por Portugal, em maio de 2009, e corresponde à 44ª num total de 77 propostas registadas”, refere o Ministério do Mar.

O comunicado do ministério, destaca ainda que “a área de extensão, além das 200 milhas marítimas submetida por Portugal, está legalmente enquadrada pela Convenção das Nações Unidas sobre o Direito do Mar.” Desde 2005 que o projeto de extensão da plataforma continental de Portugal é coordenado pela Estrutura de Missão para a Extensão da Plataforma Continental (EMEPC), atualmente tutelado pela Ministra do Mar, Ana Paula Vitorino.

O Governo Português tem vindo a acompanhar de perto este importante projeto nacional de extensão da Plataforma Continental, tendo aprovado, em 28 de dezembro de 2016, a Resolução do Conselho de Ministros n.º 84-A/2016, que estabelece como missão da EMPC prosseguir os trabalhos de reforço da fundamentação e defesa da proposta de Portugal junto da CLPC.

fonte