Portos de Portugal
Viagem ao Centro do Mundo

Porto de Viana do Castelo,
Alberga o maior estaleiro do País

Porto de Leixões
Referência na Região Norte do País

Porto de Aveiro
Uma solução Intermodal competitiva

Porto da Figueira da Foz
Promotor da Economia da Região Centro

Porto de Lisboa
Atlantic Meeting Point

Porto de Setúbal
Solução Ibérica na Região de Lisboa

Porto de Sines
Porta do Atlântico

Portos da Madeira
O Paraíso dos Cruzeiros

Portos dos Açores
A sua plataforma no Atlântico

Quem Somos

A APP – Associação dos Portos de Portugal é uma Associação sem fins lucrativos constituída em 1991, com o objectivo de ser o fórum de debate e troca de informações de matérias de interesse comum para os portos e para o transporte marítimo.

Pretende-se que a APP contribua para o desenvolvimento e modernização do Sistema Portuário Nacional, assumindo uma função que esteve subjacente à sua criação: constituir-se como um espaço privilegiado de reflexão e de decisão.

Inauguração do novo Terminal de Cruzeiros de Lisboa

Álbum com 41 fotografias reportando a inauguração do novo terminal de cruzeiros de Lisboa.

PARA VER AQUI

Queen Victoria, Jewel of the Seas e o MSC Poesia. Estes os três navios de cruzeiros que ficam na história do turismo de Lisboa, pois apadrinharam a inauguração do novo terminal de cruzeiros da capital, estrutura que vai permitir a entrada recorde de passageiros e navios no próximo ano. A estimativa da Administração do Porto de Lisboa aponta para que 617 mil turistas entrem em Lisboa pelo porto.

Da autoria do arquiteto Carrilho da Graça, a infraestrutura e todas as intervenções em redor representaram um investimento de 77 milhões de euros - 54 por parte da Administração do Porto de Lisboa e 23 por parte da Lisbon Cruise Terminals, o concessionário da estrutura.
Na opinião da Ministra do Mar, a importância do novo terminal "é essencial para o início de um novo ciclo qualitativo nesta atividade, que passará a ter um incremento significativo nos cruzeiros de turnaround, ou seja, os cruzeiros que iniciam e terminam as suas viagens em Lisboa". Para Ana Paula Vitorino, "tal significa que, ao contrário dos cruzeiros de escala, que atualmente são a esmagadora maioria, esta nova infraestrutura torna-nos competitivos num segmento com maior valor acrescentado, uma vez que potenciará a utilização de outros meios de transporte, de hotelaria e de uma maior permanência em Lisboa e no país."

REPORTAGEM FOTOGRÁFICA: Maria José Pinto com Carla Ferreira

ze.compositiva@gmail.com