Portos de Portugal
Viagem ao Centro do Mundo

Porto de Viana do Castelo,
Alberga o maior estaleiro do País

Porto de Leixões
Referência na Região Norte do País

Porto de Aveiro
Uma solução Intermodal competitiva

Porto da Figueira da Foz
Promotor da Economia da Região Centro

Porto de Lisboa
Atlantic Meeting Point

Porto de Setúbal
Solução Ibérica na Região de Lisboa

Porto de Sines
Porta do Atlântico

Portos da Madeira
O Paraíso dos Cruzeiros

Portos dos Açores
A sua plataforma no Atlântico

Quem Somos

A APP – Associação dos Portos de Portugal é uma Associação sem fins lucrativos constituída em 1991, com o objectivo de ser o fórum de debate e troca de informações de matérias de interesse comum para os portos e para o transporte marítimo.

Pretende-se que a APP contribua para o desenvolvimento e modernização do Sistema Portuário Nacional, assumindo uma função que esteve subjacente à sua criação: constituir-se como um espaço privilegiado de reflexão e de decisão.

Edil de Ílhavo espera mais algum investimento no Porto de Aveiro para aproveitar potencial

O presidente ilhavense mostra-se satisfeito pela forma como evoluiram as relações com o Porto de Aveiro, assumindo que passam "um bom momento".

"O Porto de Aveiro faz parte de nós mesmos, territorialmente falando. Faz parte da nossa génese. Desde há alguns anos que vivemos uma relação óptima", diz Fernando Caçoilo.

No passado, a população da Gafanha da Nazaré não aceitou bem o avanço das estruturas portuárias proprocionadas pela abertura da barra há exactamente 209 anos.

"Se no passado foi sentido como uma coisa má, algo que não trazia nada de bom, hoje já é diferente. Acho que a própria cultura dos responsáveis do Porto de Aveiro é diferente", sublinhou o edil.

O equipamento portuário é visto pela autarquia "como uma mais valia para o nosso território" e ainda "com potencial de crescimento muito grande".

"Tem uma área de expansão como poucos portos têm. Com algum investimento que ainda é necessário fazer na entrada e saída de navios, para navios de maior dimensão, e outros melhoramentos, pode atingir os patamares que desejamos", referiu Fernando Caçoilo.

A meta passa por "crescer cada vez mais e ter uma oferta de trabalho importante para o município e para região".

Por isso, "é necessário que o Governo olhe para o Porto de Aveiro, investa mais algum dinheiro para atingir esse patamar. Mas em termos gerais, e mesmo na parte ambiental, sentimos que deram-se evoluções muito positivas", realça o presidente da Câmara.

"O porto e o município são quase como um tronco comum, queremos servir melhor, cada um na sua temática. Estamos de braço de dados", conclui.

fonte