Portos de Portugal
Viagem ao Centro do Mundo

Porto de Viana do Castelo,
Alberga o maior estaleiro do País

Porto de Leixões
Referência na Região Norte do País

Porto de Aveiro
Uma solução Intermodal competitiva

Porto da Figueira da Foz
Promotor da Economia da Região Centro

Porto de Lisboa
Atlantic Meeting Point

Porto de Setúbal
Solução Ibérica na Região de Lisboa

Porto de Sines
Porta do Atlântico

Portos da Madeira
O Paraíso dos Cruzeiros

Portos dos Açores
A sua plataforma no Atlântico

Quem Somos

A APP – Associação dos Portos de Portugal é uma Associação sem fins lucrativos constituída em 1991, com o objectivo de ser o fórum de debate e troca de informações de matérias de interesse comum para os portos e para o transporte marítimo.

Pretende-se que a APP contribua para o desenvolvimento e modernização do Sistema Portuário Nacional, assumindo uma função que esteve subjacente à sua criação: constituir-se como um espaço privilegiado de reflexão e de decisão.

É tempo para que novo terminal de cruzeiros de Lisboa "cumpra objectivos"

A Ministra do Mar, Ana Paula Vitorino, disse esta sexta-feira que o novo terminal de cruzeiros de Lisboa, inaugurado de manhã, é uma "missão cumprida", pelo que agora é preciso que esta infraestrutura "cumpra os objectivos para que foi criada".

"Hoje começa uma nova missão, uma nova fase de exigência", ou seja, "fazer com que o novo terminal de cruzeiros de Lisboa cumpra os objectivos para que foi criado, atraindo mais navios e mais passageiros de cruzeiros, designadamente em operações 'turnaround', para a cidade de Lisboa", disse a ministra na sua intervenção durante a cerimónia de inauguração da infraestrutura.

O novo terminal envolve um investimento total de mais de 70 milhões de euros, 54 milhões que foram responsabilidade da Administração do Porto de Lisboa (APL), e 23 milhões resultantes do contrato de concessão para a construção, operação, financiamento e transferência, por um período de 35 anos, com a "Lisbon Cruise Terminals".

Sobre o negócio, a ministra salientou que "não envolve qualquer risco para o setor público", uma vez que "é o parceiro privado que assume integralmente o risco associado à construção, operação e financiamento do novo terminal de cruzeiros".

Na opinião de Ana Paula Vitorino, o projeto do arquiteto Carrilho da Graça é "uma obra de arte urbana que vem valorizar o coração da cidade e da sua artéria principal, o rio Tejo", e que permitirá colocar a capital "entre os portos mais bem servidos".

O novo terminal de cruzeiros de Santa Apolónia foi inaugurado hoje, apesar de já estar em funcionamento desde setembro, cerimónia que contou com a presença do primeiro-ministro, António Costa, e dos ministros do Planeamento e das Infraestruturas, Pedro Marques, da Administração Interna, Eduardo Cabrita, e da Economia, Caldeira Cabral. No exterior ainda era notória a necessidade pequenos acabamentos.

Também estiveram presentes o presidente da Câmara Municipal de Lisboa, Fernando Medina, os vereadores Duarte Cordeiro e Manuel Salgado, e a presidente da Administração do Porto de Lisboa, Lídia Sequeira.

A par da ministra, intervieram também o primeiro-ministro, o presidente da 'Lisbon Cruise Terminals', Luís Miguel Sousa, e o diretor executivo da 'Global Ports Holding', Emre Sayin, a par do presidente da Câmara de Lisboa.

fonte