Portos de Portugal
Viagem ao Centro do Mundo

Porto de Viana do Castelo,
Alberga o maior estaleiro do País

Porto de Leixões
Referência na Região Norte do País

Porto de Aveiro
Uma solução Intermodal competitiva

Porto da Figueira da Foz
Promotor da Economia da Região Centro

Porto de Lisboa
Atlantic Meeting Point

Porto de Setúbal
Solução Ibérica na Região de Lisboa

Porto de Sines
Porta do Atlântico

Portos da Madeira
O Paraíso dos Cruzeiros

Portos dos Açores
A sua plataforma no Atlântico

Quem Somos

A APP – Associação dos Portos de Portugal é uma Associação sem fins lucrativos constituída em 1991, com o objectivo de ser o fórum de debate e troca de informações de matérias de interesse comum para os portos e para o transporte marítimo.

Pretende-se que a APP contribua para o desenvolvimento e modernização do Sistema Portuário Nacional, assumindo uma função que esteve subjacente à sua criação: constituir-se como um espaço privilegiado de reflexão e de decisão.

Conferência em Sines reúne especialistas e analisa o futuro da Logística e das Cadeias de Abastecimento

A CPSI - Comunidade Portuária de Sines, organizou com a Administração do Porto de Sines, a aicep Global Parques e a Câmara Municipal de Sines, uma conferência internacional sobre Logística e Cadeias de Abastecimento-Nova Era, Novos Desafios, que decorreu esta quarta-feira, 11 de outubro, no Centro de Negócios ZILS – Zona Industrial e Logística de Sines.

Este encontro, que reuniu vários especialistas, teve por objetivo analisar o futuro do setor e discutir o reforço da oferta disponível no Complexo Industrial e Portuário de Sines, composto pelo Porto de Sines e pela ZILS, através da apresentação da capacidade instalada, do know-how disponível neste cluster e do potencial de desenvolvimento futuro.

Os organizadores da conferência, Francisco Mendes Palma, presidente da aGP, José Luís Cacho, presidente da APS, Jorge d’Almeida, presidente da CPSi e Filipa Faria, da Câmara Municipal de Sines, abordaram na 1ª sessão os temas Sines - Porta Atlântica da Europa; Porto de Sines - Os próximos 40 anos; Sines Park - o cluster logístico de Sines e PUZILS - fator de desenvolvimento sustentável.

Já na 2ª Sessão, com o mote Sines – Logística 4.0, José Carlos Simão, Diretor da DGRM, falou sobre A nova Janela Única; Pedro Pires de Miranda, presidente da SIEMENS, abordou o tema Portos Inteligentes – Tecnologias Orientadas para o Futuro, e José Tavares e Luís Tadeu, da Fordesi falaram sobre Redes Logísticas de Última Geração, fazer mais e melhor com Menos Recursos.

A 3ª Sessão envolveu uma Mesa Redonda onde se analisaram as Tendências da Logística Global e que contou com a participação de

Artur Alves, CEO do Marlo, Dirk Sosef, Vice President da Prologis SVP, João Gaitas, Country Manager da FríoPuerto e Jorge Alonso, CEO do Grupo Alonso.

Durante a Conferência foi ainda formalizada a adesão da aicep Global Parques à CPSI – Comunidade Portuária de Sines que, na ocasião, revelou o seu novo logótipo enfatizando a ligação do porto à logística e à indústria.

A Ministra do Mar, Ana Paula Vitorino, em mensagem dirigida aos participantes deste encontro, congratulou os organizadores da conferência e referiu que “Antevejo que 2017 será um ano marcante para os portos portugueses, perspetivando-se alcançar o resultado notável de 100 Milhões de toneladas. Esta marca histórica é, pois, indissociável do importante contributo do Porto de Sines e do seu sucesso no contexto portuário mundial. A este propósito, devo evidenciar o compromisso firme do Governo em reforçar o papel do Porto de Sines à escala global, enquanto porto hub para as principais rotas marítimas de comércio internacional e um dos principais portos energéticos do corredor marítimo atlântico”.

__________________________________________________________________

 

Sobre a CPSI

A Comunidade Portuária de Sines CPSI foi criada no dia 9 de Junho de 2011 e integra os principais agentes económicos com atividade nesta infraestrutura portuária.

A CPSI visa cumprir um conjunto de objetivos que contribuam para o desenvolvimento do Porto de Sines, nomeadamente no âmbito comercial e propõe-se ainda contribuir para a melhoria das condições de operacionalidade do Porto de Sines, bem como para o desenvolvimento da área logística adjacente, visando tornar Sines numa grande plataforma logística Ibérica e Europeia.

Mais informação: www.cpsi.pt

 

Sobre a aicep Global Parques

A aicep Global Parques é especialista em gestão de parques e em localização empresarial.

O seu focus é garantir condições de captação e acompanhamento na instalação de projetos de investimento nacional e estrangeiro.  A aicep global Parque é a empresa gestora da ZILS - Zona Industrial e Logística de Sines que tem 2.375 ha estrategicamente localizados nas rotas do comércio internacional, vocacionados para atividades industriais, logísticas e de serviços, contando com algumas das maiores empresas nacionais e estrangeiras.

Servida por um porto de águas profundas, é uma plataforma logística e industrial com características ímpares na Península Ibérica e na Europa.  A ZILS compreende a ZalSines, Zona de Atividades Logísticas,

O Centro de Negócio da ZILS complementa a oferta disponibilizando escritórios, salas de reuniões e de conferência a clientes instalados, em processo de instalação e a empresas de serviços.

A ZILS alia uma localização geoestratégica a ofertas de soluções à medida com incentivos ao investimento, um ambiente favorável aos negócios e recursos humanos qualificados e competitivos.

 

Sobre a APS — Administração dos Portos de Sines e do Algarve, S.A

A APS é a entidade responsável por assegurar o exercício das competências necessárias ao regular funcionamento do Porto de Sines e dos Portos comerciais de Faro e de Portimão nos seus múltiplos aspetos.

O Porto de Sines é um porto de águas profundas, líder nacional na quantidade de mercadorias movimentadas e apresenta condições naturais ímpares na costa portuguesa para acolher todos os tipos de navios. Dotado de modernos terminais especializados, pode movimentar os diferentes tipos de mercadorias, está aberto ao mar e conta com excelentes acessibilidades marítimas sem constrangimentos.

É o principal porto na fachada ibero-atlântica, cujas características geofísicas têm contribuído para a sua consolidação como ativo estratégico nacional, sendo, por um lado, a principal porta de abastecimento energético do país (petróleo e derivados, carvão e gás natural) e, por outro, posiciona-se já como um importante porto de carga geral/contentorizada com elevado potencial de crescimento para ser uma referência ibérica, europeia e mundial.