Portos de Portugal
Viagem ao Centro do Mundo

Porto de Viana do Castelo,
Alberga o maior estaleiro do País

Porto de Leixões
Referência na Região Norte do País

Porto de Aveiro
Uma solução Intermodal competitiva

Porto da Figueira da Foz
Promotor da Economia da Região Centro

Porto de Lisboa
Atlantic Meeting Point

Porto de Setúbal
Solução Ibérica na Região de Lisboa

Porto de Sines
Porta do Atlântico

Portos da Madeira
O Paraíso dos Cruzeiros

Portos dos Açores
A sua plataforma no Atlântico

Quem Somos

A APP – Associação dos Portos de Portugal é uma Associação sem fins lucrativos constituída em 1991, com o objectivo de ser o fórum de debate e troca de informações de matérias de interesse comum para os portos e para o transporte marítimo.

Pretende-se que a APP contribua para o desenvolvimento e modernização do Sistema Portuário Nacional, assumindo uma função que esteve subjacente à sua criação: constituir-se como um espaço privilegiado de reflexão e de decisão.

«Creoula» na Figueira da Foz

A APFF disponibiliza no FLICKR álbum com 111 fotografias reportando a presença do Navio de Treino de Mar “Creoula” no Porto da Figueira da Foz, de 7 a 9 de Julho de 2017.
O navio trazia a bordo alunos de vários pontos do país, para assistirem ao festival de música eletrónica RFM SOMNII, bilhetes oferecidos pelo promotor do evento. Esteve aberto a visitas durante a permanência na cidade.

O Navio de Treino de Mar Creoula é operado pela Marinha com o objetivo de proporcionar experiência e contacto com o mar à generalidade da população nacional, podendo qualquer organização submeter propostas para embarcar no navio.

FOTOGRAFIAS PARA VER AQUI



O NTM Creoula tem como missão proporcionar aos jovens o contacto com o mar e a experiência de uma vida de bordo. Todos os anos, habitualmente entre maio e finais de setembro, o Creoula realiza cruzeiros com duração e trajetos variáveis, podendo ocupar um fim-de-semana ou alguns dias de navegação.

Durante o embarque, os jovens instruendos conhecem uma plena integração na vida de bordo, experimentando desde as tarefas de um velejador profissional – içar velas, marear o pano, fazer navegação, leme, vigia -, até ao trabalho na casa das máquinas e na cozinha de bordo, não esquecendo a baldeação do navio e as limpezas diárias.

O Creoula é um lugre de quatro mastros. Construído no início de 1937 nos estaleiros da CUF para a Parceria Geral das Pescarias, o navio foi lançado à água no dia 10 de maio e efetuou ainda nesse ano a sua primeira campanha de pesca. Um número a reter é o facto de o navio ter sido construído no tempo recorde de 62 dias úteis.

As obras-vivas a vante, com particular destaque para a roda da proa, tiveram construção reforçada uma vez que o navio iria navegar nos mares gelados da Terra Nova e Gronelândia.

Em 1979 o Creoula foi adquirido por compra à Parceria Geral de Pescarias pela Secretaria de Estado das Pescas, com o apoio da Secretaria de Estado da Cultura, com a finalidade de nele ser instalado um museu de pesca.

Na primeira docagem levada a efeito, verificou-se que o seu casco se encontrava em ótimas condições, tendo então sido deliberado que o navio se manteria a navegar e seria transformado em Navio de Treino de Mar (NTM) para apoio na formação de pescadores e possibilitar a vivência de jovens com o mar. Para tal, a zona de meio navio, onde ficava o porão de peixe, foi redimensionada a aproveitada para as cobertas de instruendos, camarotes e câmara de sargentos, refeitório das praças e instruendos, casas de banho e estação tratadora de esgotos. Em 1992 o navio sofreu algumas alterações na zona de meio navio, de que se destaca o aproveitamento duma das cobertas de instruendos em benefício de um espaço que funciona como biblioteca e sala de aulas.

Saber mais sobre o NTM Creoula aqui:
http://creoula.marinha.pt/pt