Portos de Portugal
Viagem ao Centro do Mundo

Porto de Viana do Castelo,
Alberga o maior estaleiro do País

Porto de Leixões
Referência na Região Norte do País

Porto de Aveiro
Uma solução Intermodal competitiva

Porto da Figueira da Foz
Promotor da Economia da Região Centro

Porto de Lisboa
Atlantic Meeting Point

Porto de Setúbal
Solução Ibérica na Região de Lisboa

Porto de Sines
Porta do Atlântico

Portos da Madeira
O Paraíso dos Cruzeiros

Portos dos Açores
A sua plataforma no Atlântico

Quem Somos

A APP – Associação dos Portos de Portugal é uma Associação sem fins lucrativos constituída em 1991, com o objectivo de ser o fórum de debate e troca de informações de matérias de interesse comum para os portos e para o transporte marítimo.

Pretende-se que a APP contribua para o desenvolvimento e modernização do Sistema Portuário Nacional, assumindo uma função que esteve subjacente à sua criação: constituir-se como um espaço privilegiado de reflexão e de decisão.



Newsletter

Clique aqui para se registar na newsletter.

Clique aqui para sair da newsletter.

Janela Única Logística

Notícias

Terminal de Contentores de Sines supera record de 2017

A duas semanas do fecho de 2018, o Terminal XXI ultrapassa o total movimentado em 2017, correspondendo a 58% da carga contentorizada movimentada em Portugal.

Cruzeiros em Lisboa garantiram 2.º melhor ano de sempre a um mês do fim de 2018

O Porto de Lisboa já tem garantido que 2018, o seu primeiro ano completo com o novo terminal de cruzeiros, será pelo menos o seu segundo melhor ano de sempre, ao somar 537.427 passageiros até ao fim de Novembro, mais do que em qualquer ano anterior, à excepção de 2013, seu melhor ano de sempre, com um total de 558.040 passageiros.

Movimento de mercadorias na Madeira mantém crescimento

O movimento de mercadorias nos Portos da Madeira cresceu 2% entre janeiro e setembro deste ano, em comparação com o período homólogo do ano passado. No total, foram movimentadas 1 073 808 toneladas de mercadorias (1 048 172 toneladas, em 2017).

FERNANDO CASTRO

Porto de Aveiro visto pelo Presidente da AIDA

(...) a ligação das gentes da região de Aveiro ao mar e à Ria é ancestral e profunda.Esta importante infraestrutura ocupa, atualmente, uma vasta área que acomoda cinco terminais para á movimentação de cargas diversas, nomeadamente granéis sólidos, granéis líquidos, carga geral contentorizada ou não, um terminal "rol on rol off", para além de áreas distintas para as embarcações da pesca longínqua e da pesca costeira e de instalações para a receção do pescado.

Portugal esgotou quota de pesca atribuída ao espadarte

A DGRM — Direcção Geral de Recursos Naturais, Segurança e Serviços Marítimos informa que, considerando os dados actuais das descargas efectuadas pela frota portuguesa de espadarte (Xiphias gladius), capturado no Oceano Atlântico, a Sul de 5º N (stock Sul), verifica-se que a quota de pesca atribuída a Portugal encontra-se esgotada.
 

MINISTRA DO MAR APRESENTOU NOVA VERSÃO DO PSOEM, QUE ESTARÁ EM CONSULTA PÚBLICA ATÉ FINAL DE JANEIRO DE 2019

A Ministra Ana Paula Vitorino, presidiu esta quarta-feira, dia 12, à Sessão Pública de Apresentação da 2.ª Versão do PSOEM – Plano de Situação do Ordenamento do Espaço Marítimo.

A nova versão do PSOEM surge no seguimento de uma primeira consulta pública à primeira versão do Plano, que recebeu mais de 200 participações, muitas delas incorporadas agora na nova versão.

Lotas do Norte vendem mais peixe e mais caro

Nos primeiros oito meses de 2018, houve mais peixe descarregado nas quatro lotas do Norte e a um preço médio mais alto do que no mesmo período do ano passado. De acordo com os dados da Direção-Geral de Recursos Naturais, Segurança e Serviços Marítimos, o Norte contabilizou 30 625 toneladas de peixe - mais de metade em Matosinhos (17 253), registando uma subida de 19,4 por cento face a 2017.

Porto de Aveiro vai crescer (ainda) mais com a ZALI

Apesar de ser "pequeno", Olinto Ravara garante que uma das vantagens do Porto de Aveiro é ter espaço para crescer. E vários são os investimentos no terreno e previstos para breve Nos últimos anos, o Porto de Aveiro tem vindo a sofrer modificações e a crescer, quer em unidades fabris como em infraestruturas que dão melhores condições a quem ali opera e, inclusivamente, mais competitividade a esta estrutura portuária aveirense.
Mas o crescimento e as alterações não se ficam por aqui.

TERMINAL NORTE DO PORTO DE AVEIRO

Procedimentos Concursais para Atribuição das Licenças de Uso Privativo dos Armazéns n.º2 e n.º3

Divulgamos os Anúncios dos Procedimentos Concursais para Atribuição das Licenças de Uso Privativo dos Armazéns n.º2 e n.º3, sitos no Terminal Norte.
Os processos podem ser consultados em [A2] e [A3], bem como na sede da APA - Administração do Porto de Aveiro, S.A., durante os dias úteis das 09h30 às 12h30 e das 13h30 às 17h30, até ao termo do prazo fixado para a apresentação das propostas.
 

Portos asseguram 30% das exportações

Se todos os portos nacionais parassem, um terço das exportações portuguesas ficariam sem meio de transporte. De acordo com os números do Instituto Nacional de Estatística (INE) relativos a 2017, revelados há dias, perto de 31% dos bens vendidos ao estrangeiro foram transportados por via marítima. Tal percentagem significa que quase 17 mil milhões de euros de mercadoria passaram pelos portos portugueses, tendo sido esse valor superado apenas em 2013, quando 36% das mercadorias exportadas seguiram por via marítima.

ESPAÇO DA COMUNIDADE PORTUÁRIA DE SINES | PODCAST JÁ DISPONÍVEL

Sines cada vez mais perto da China | Entrevista a Nuno Mascarenhas

O programa da Comunidade Portuária de Sines (CPSI), que é emitido quinzenalmente na Rádio Miróbriga, de Santiago do Cacém, continua a dar destaque à visita de uma comitiva do Alentejo à China, entre os dias 3 e 10 de novembro, fazendo um balanço da deslocação com alguns dos seus intervenientes.

Neste podcast ouvimos o Presidente da Câmara Municipal de Sines, Nuno Mascarenhas, que integrou a delegação portuguesa.
Visitámos ainda o navio patrulha oceânico NRP Sines que, por ocasião do Dia do Município, visitou o porto de Sines
 

RÁDIO VOZ DA RIA | COMUNIDADE PORTUÁRIA DE AVEIRO EM FOCO

ADIG em destaque

Nesta edição do espaço da CPA – Comunidade Portuária de Aveiro, assinalamos os 25 anos da Associação de Defesa dos Interesses da Gafanha da Nazaré. Trata-se de uma das associações que mais de perto acompanha a atividade portuária e das empresas locais ligadas ao transporte marítimo e não só.

Calendário do Mar

Pretende-se com este desafio, alertar para a conservação da biodiversidade marinha através da criação de ilustrações para um calendário.
Os trabalhos criados com recurso à técnica de colagem ou collage, deverão representar a biodiversidade marinha – elementos ou ecossistemas.

Ministra do Mar sobre o Terminal de contentores do Barreiro

«Há vários interessados, já não preciso fazer consulta pública»

"Houve manifestações de interesse por parte de várias entidades, dos atuais operadores do Porto de Lisboa, da Maersk, empresas chinesas. Tinha dito que, antes de lançar o concurso, iria fazer uma consulta pública para manifestações de interesse, mas não preciso de a fazer. Está ultrapassada essa fase".

MAU TEMPO

Empresa Portos dos Açores avalia infraestruturas afectadas

A empresa Portos dos Açores vai fazer uma avaliação do estado dos mantos de proteção dos portos das Lajes das Flores e das Lajes do Pico, na sequência das tempestades que afectaram a região.

RIBAU ESTEVES

Porto de Aveiro, crescimento sustentável, e ainda a Ferrovia

O futuro do Porto de Aveiro está devidamente estruturado com o crescimento da sua Região de Aveiro, tendo sido acautelada essa realidade com a devida compatibilidade em termos urbanos, ambientais e de acessibilidades, sendo, no entanto, necessário melhorar a compatibilização da sua gestão com a gestão da Ria de Aveiro e da linha de costa aveirense.

FIGUEIRA DA FOZ

Escola (Azul) das Abadias ensina literacia marítima

A Escola do 1.° Ciclo das Abadias é a única Escola Azul do concelho, por promover a literacia dos oceanos e combater o lixo marinho. O estabelecimento de ensino do Agrupamento da Zona Urbana candidatou-se no âmbito das atividades que já desenvolvia. As visitas às poças de maré e a uma exposição sobre lixo marinho no Núleo Museológico do Mar, bem como a pedagogia da biodiversidade exercida junto dos seus alunos, abriram a Escola Azul a este estabelecimento de ensino da Figueira da Foz.

MINISTRA DO MAR:

«Já existe acordo» entre sindicato e empresas do Porto de Setúbal para aumentar efectivos

Em entrevista à Antena 1/Jornal de Negócios, a Ministra do Mar disse que "já existe acordo" entre sindicato e empresas privadas do porto de Setúbal "para aumentar substancialmente o número de pessoas" efetivas, adiantando que a próxima reunião será "para fechar um acordo".

Porto de Sines apontado como «ponto crítico» para o sucesso da Rota da Seda

O Porto de Sines é considerado pelos grandes especialistas mundiais do sector como um elo fundamental no projeto de ligação comercial global lançado em 2013 pelo atual presidente da República Popular da China, em particular pela sua posição geoestratégica especial e privilegiada de ligação aos continentes de África e às Américas, do Norte e do Sul.

A mais recente versão do estudo ‘A Nova Rota da Seda torna-se a ponte terrestre mundial: um futuro compartilhado para a Humanidade”, que atualiza uma primeira versão de 2014, da autoria do Instituto Schiller (Alemanha) considera, assim, que o porto de Sines, é um dos dois “pontos críticos”, para o desenvolvimento deste projeto, pela sua vocação mais atlântica, a par do porto espanhol de Algeciras, com um pendor mais mediterrânico.

PORTO DE SETÚBAL

Operadores já não têm condições para incorporar 56 trabalhadores eventuais

Em declarações exclusivas à Revista Cargo, Diogo Marecos, presidente da Operestiva, adiantou em primeira mão que as condições existentes na passada semana, quando estava em cima da mesa a proposta de incorporação imediata de 56 estivadores eventuais no Porto de Setúbal, deixaram de ser uma realidade ao longo da actual semana, devido à já noticiada perda de actividade, com a saída de três armadores – MacAndrews, Arkas e Tarros -, representando uma perda de 70% nos tráfegos contentorizados. Perante esta nova realidade, Diogo Marecos acrescenta que neste momento não pode ser efectuada a «admissão imediata de 56 trabalhadores».