Portos de Portugal
Viagem ao Centro do Mundo

Porto de Viana do Castelo,
Alberga o maior estaleiro do País

Porto de Leixões
Referência na Região Norte do País

Porto de Aveiro
Uma solução Intermodal competitiva

Porto da Figueira da Foz
Promotor da Economia da Região Centro

Porto de Lisboa
Atlantic Meeting Point

Porto de Setúbal
Solução Ibérica na Região de Lisboa

Porto de Sines
Porta do Atlântico

Portos da Madeira
O Paraíso dos Cruzeiros

Portos dos Açores
A sua plataforma no Atlântico

Quem Somos

A APP – Associação dos Portos de Portugal é uma Associação sem fins lucrativos constituída em 1991, com o objectivo de ser o fórum de debate e troca de informações de matérias de interesse comum para os portos e para o transporte marítimo.

Pretende-se que a APP contribua para o desenvolvimento e modernização do Sistema Portuário Nacional, assumindo uma função que esteve subjacente à sua criação: constituir-se como um espaço privilegiado de reflexão e de decisão.



Newsletter

Clique aqui para se registar na newsletter.

Clique aqui para sair da newsletter.

Janela Única Logística



Notícias

MÁRIO LOPES:

Ferrovia Aveiro-Vilar Formoso é imperativo nacional

Mais do que ser importante para os portos de Aveiro e Leixões, a ligação ferroviária Aveiro-Vilar Formoso, e consequentemente a Salamanca, Espanha, é fundamental para toda a economia nacional. Essa ideia ficou bem vincada no encontro que decorreu quinta-feira no Centro Cultural da Gafanha da Nazaré, numa organização do Porto de Aveiro, e que juntou vários especialistas. A conferência “E-80, Corredor Multimodal para a Europa” surgiu integrada no projecto “Intermodality E-80”, que se insere no Programa Marco Polo II.

“É urgente a melhoria da competitividade do transporte ferroviário de mercadorias”. A ideia foi sublinhada por Mário Lopes, vice-presidente da Associação Portuguesa para o Desenvolvimento dos Sistemas Integrados de Transportes (ADFERSIT), um dos intervenientes da conferência que se estendeu ao longo de toda a manhã.
Atendendo a que, em Portugal a que a grande maioria das mercadorias ainda são movimentadas por rodovia – 98 por cento, contra os dois por cento movimentados em ferrovia – urge “apostar no transporte ferroviário de mercadorias”, sublinhou Mário Lopes. A manutenção do cenário actual, apontou ainda este responsável, “é insustentável”, quer “por razões ambientais”, quer “por razões energéticas, dado o aumento do preço e escassez do petróleo”.

Esta aposta na ferrovia para o transporte de mercadorias terá de passar, obrigatoriamente, pela linha Aveiro-Vilar Formoso, uma vez que “a nossa ligação ao centro da Europa é feita a partir do corredor Aveiro-Salamanca-Irun”, sustentou o vice-presidente da ADFERSIT. “Esta linha devia ter sido sempre a prioridade do governo português, mas não o foi”, lamentou.

LEIA A VERSÃO INTEGRAL DA NOTÍCIA


 


Visite o Canal da Associação
dos Portos de Portugal no YOUTUBE

Estamos no Facebook, no Twitter e no Slideshare.


Conheça o portal da Associação dos Portos de Língua Portuguesa (APLOP)







Artigos relacionados:

  • Apresentações disponíveis na web
  • Reportagem fotográfica na web
  • Os eixos transeuropeus da nova RTE-T vão começar e acabar num porto da rede nuclear
  • Destino Europa: Corredor E-80 é o que mais interessa a Portugal
  • Conferência «E-80, Corredor Multimodal para a Europa»
  • O Corredor E-80 - Um Modelo de Território Logístico - O Projecto como Factor de Transferência Modal
  • Conferência do Projecto E-80 no Porto de Leixões
  • Newsletter de Setembro já disponível
  • Primeiros vídeos já disponíveis na web
  • Newsletter de Maio já disponível
  • Workshop do projecto de intermodalidade E-80, do programa Marco Polo II, em Aveiro
  • Carlos Vasconcelos defende «complementaridade» no transporte do Corredor E-80
  • Debate do projecto de intermodalidade E-80, do programa Marco Polo II, em Aveiro
  • Apresentações já disponíveis na web
  • Aveiro debate projecto de intermodalidade E-80, do programa Marco Polo II
  • Transporte ibérico de mercadorias ainda com poucas soluções
  • Salamanca acolhe 1.ª conferência do projecto E-80
  • Seminário «A Intermodalidade FerroMarítima: Oportunidades de Melhoria»
  • Leixões debate intermodalidade ferro-marítima
  • Newsletter de Março já disponível
  • Reforço do transporte intermodal inevitável a médio e longo prazo
  • Segundo Seminário hoje, dia 11, em Salamanca
  • Newsletter do Projecto INTERMODALIDADE E-80
  • Porto de Aveiro presente no seminário que hoje se realiza em Salamanca