Portos de Portugal
Viagem ao Centro do Mundo

Porto de Viana do Castelo,
Alberga o maior estaleiro do País

Porto de Leixões
Referência na Região Norte do País

Porto de Aveiro
Uma solução Intermodal competitiva

Porto da Figueira da Foz
Promotor da Economia da Região Centro

Porto de Lisboa
Atlantic Meeting Point

Porto de Setúbal
Solução Ibérica na Região de Lisboa

Porto de Sines
Porta do Atlântico

Portos da Madeira
O Paraíso dos Cruzeiros

Portos dos Açores
A sua plataforma no Atlântico

Quem Somos

A APP – Associação dos Portos de Portugal é uma Associação sem fins lucrativos constituída em 1991, com o objectivo de ser o fórum de debate e troca de informações de matérias de interesse comum para os portos e para o transporte marítimo.

Pretende-se que a APP contribua para o desenvolvimento e modernização do Sistema Portuário Nacional, assumindo uma função que esteve subjacente à sua criação: constituir-se como um espaço privilegiado de reflexão e de decisão.



Newsletter

Clique aqui para se registar na newsletter.

Clique aqui para sair da newsletter.

Janela Única Logística



Notícias

ANTÓNIO NOBRE NASCEU A 16 DE AGOSTO DE 1867

O poeta que construiu um castelo de fantasia na praia da Boa Nova

O autor do "livro mais triste que há" levava, em Leça, uma vida despreocupada, integrando um grupo de rapazes que se entretinha, entre outras coisas, a tocar os sinos para arreliar o sacristão da capela de Santa Catarina, fugindo depois para a praia. Podemos vislumbrar escândalos maiores quando na "Carta a Manuel" o escritor lembra os "banhos em pelote/Quando íamos nadar, à Ponte de Tavares!": talvez estejamos na presença de um precursor do nudismo em Portugal.

Leça terá sido, efectivamente, uma ilha na existência sofrida de Anto, tal como ele próprio reconhece no soneto em que afirma ter edificado um castelo de fantasia na praia da Boa Nova, situado num condado que poderemos identificar com a infância, já que o poeta afiança ter sido um "poderoso conde/Naquela idade em que se é conde assim..."

Nasceu no Porto a 16 de Agosto de 1867

MAIS DETALHES AQUI

SOBRE ANTÓNIO NOBRE