Portos de Portugal
Viagem ao Centro do Mundo

Porto de Viana do Castelo,
Alberga o maior estaleiro do País

Porto de Leixões
Referência na Região Norte do País

Porto de Aveiro
Uma solução Intermodal competitiva

Porto da Figueira da Foz
Promotor da Economia da Região Centro

Porto de Lisboa
Atlantic Meeting Point

Porto de Setúbal
Solução Ibérica na Região de Lisboa

Porto de Sines
Porta do Atlântico

Portos da Madeira
O Paraíso dos Cruzeiros

Portos dos Açores
A sua plataforma no Atlântico

Quem Somos

A APP – Associação dos Portos de Portugal é uma Associação sem fins lucrativos constituída em 1991, com o objectivo de ser o fórum de debate e troca de informações de matérias de interesse comum para os portos e para o transporte marítimo.

Pretende-se que a APP contribua para o desenvolvimento e modernização do Sistema Portuário Nacional, assumindo uma função que esteve subjacente à sua criação: constituir-se como um espaço privilegiado de reflexão e de decisão.



Newsletter

Clique aqui para se registar na newsletter.

Clique aqui para sair da newsletter.

Janela Única Logística



Notícias

Porto do Funchal cresce em escalas e passageiros no primeiro trimestre

O Porto do Funchal cresceu em todas as variantes no primeiro trimestre deste ano, tendo registado um aumento de 3,4% em escalas e de 14,3% em passageiros face ao período homólogo do ano passado.

De acordo com dados da Administração dos Portos da Região Autónoma da Madeira (APRAM), “o movimento de passageiros subiu de 183.429 para 209.641 e as escalas subiram de 89 para 92”.

O principal porto da região registou ainda subidas do número de passageiros que “embarcaram ou desembarcaram no porto do Funchal, que passou dos 389 embarques nos primeiros três meses de 2018, para 737” no mesmo trimestre deste ano, enquanto o número de desembarques “subiu de 377 para 502”.

Os dados da APRAM dizem ainda que o mês de março foi o melhor para o porto da região com mais escalas (3%) e mais passageiros (17%).

A APRAM prepara-se para proceder à substituição dos 36 cabeços de amarração existentes nos cais 2 e 3 do porto do Funchal, por outros de 150 toneladas de capacidade, num processo que está em fase de adjudicação, devendo estar no terreno no primeiro semestre deste ano.

Esta intervenção vai custar cerca de 890 mil euros e permite dotar o porto atlântico de maior competitividade, “numa altura em que cada vez mais se aposta em navios de maior tonelagem e em que a indústria de cruzeiros está em clara expansão”, explica a Administração dos Portos.

A intervenção no Porto do Funchal vai desenvolver-se até 2021, para garantir a operacionalidade permanente do porto.

fonte.