Portos de Portugal
Viagem ao Centro do Mundo

Porto de Viana do Castelo,
Alberga o maior estaleiro do País

Porto de Leixões
Referência na Região Norte do País

Porto de Aveiro
Uma solução Intermodal competitiva

Porto da Figueira da Foz
Promotor da Economia da Região Centro

Porto de Lisboa
Atlantic Meeting Point

Porto de Setúbal
Solução Ibérica na Região de Lisboa

Porto de Sines
Porta do Atlântico

Portos da Madeira
O Paraíso dos Cruzeiros

Portos dos Açores
A sua plataforma no Atlântico

Quem Somos

A APP – Associação dos Portos de Portugal é uma Associação sem fins lucrativos constituída em 1991, com o objectivo de ser o fórum de debate e troca de informações de matérias de interesse comum para os portos e para o transporte marítimo.

Pretende-se que a APP contribua para o desenvolvimento e modernização do Sistema Portuário Nacional, assumindo uma função que esteve subjacente à sua criação: constituir-se como um espaço privilegiado de reflexão e de decisão.



Newsletter

Clique aqui para se registar na newsletter.

Clique aqui para sair da newsletter.

Janela Única Logística



Notícias

Município e Pescadores da Nazaré estudam criação de Cabaz de Peixe

O Município e a Associação de Armadores e Pescadores da Nazaré iniciaram conversações com vista à criação de um “cabaz de peixe”, semelhante ao que existe em outros concelhos portugueses com atividade piscatória.

O objetivo da proposta de criação de um cabaz de peixe fresco, pescado na costa pelas embarcações locais, a que poderão juntar-se os legumes produzidos pelo concelho, “é criar circuitos curtos de venda por intermédio e apresentar um preço mais competitivo para o comprado”, explica Walter Chicharro, Presidente da Câmara Municipal.

O Armazém 33, projeto local de apoio à comunidade piscatória dinamizado pela Câmara, Confraria N.S.N e Paróquia, irá estudar a viabilidade de uma candidatura do Cabaz a financiamentos comunitários.

“Estive e estarei ao lado dos pescadores, como também dos produtores do concelho. Já nos deslocámos a Lisboa em protesto contra o impedimento da pesca de sardinha, com a entrega das últimas sardinhas pescadas no mar da Nazaré ao Ministério da Pesca (2015); e à Direção Geral dos Recursos Naturais, Segurança e Serviços Marítimos para reclamar o pagamento das ajudas do Fundo de Compensação Salarial (2017), como também encontrámos solução para o excesso de produção de alho francês em Valado dos Frades (2014)”, diz Walter Chicharro sobre o trabalho desenvolvido pela sua gestão da Câmara na defesa do setor primário.

A Autarquia iniciou, entretanto, a elaboração de um documento que reúne as suas preocupações o setor das pescas para entregar à tutela.

FONTE