Portos de Portugal
Viagem ao Centro do Mundo

Porto de Viana do Castelo,
Alberga o maior estaleiro do País

Porto de Leixões
Referência na Região Norte do País

Porto de Aveiro
Uma solução Intermodal competitiva

Porto da Figueira da Foz
Promotor da Economia da Região Centro

Porto de Lisboa
Atlantic Meeting Point

Porto de Setúbal
Solução Ibérica na Região de Lisboa

Porto de Sines
Porta do Atlântico

Portos da Madeira
O Paraíso dos Cruzeiros

Portos dos Açores
A sua plataforma no Atlântico

Quem Somos

A APP – Associação dos Portos de Portugal é uma Associação sem fins lucrativos constituída em 1991, com o objectivo de ser o fórum de debate e troca de informações de matérias de interesse comum para os portos e para o transporte marítimo.

Pretende-se que a APP contribua para o desenvolvimento e modernização do Sistema Portuário Nacional, assumindo uma função que esteve subjacente à sua criação: constituir-se como um espaço privilegiado de reflexão e de decisão.



Newsletter

Clique aqui para se registar na newsletter.

Clique aqui para sair da newsletter.

Janela Única Logística




Porto de Sines apresenta novo modelo de entrega e recolha de mercadorias por modo rodoviário

A APS e PSA Sines organizaram, esta terça-feira, dia 4 de dezembro, uma sessão com vista à apresentação do novo modelo de entrega e recolha de mercadorias, por modo rodoviário, no Terminal de Contentores do Porto de Sines, num evento que contou com a presença de cerca de 50 representantes de várias empresas transportadoras.

Este modelo contempla o ordenamento dos acessos ao terminal, nomeadamente no que respeita à sinalização e à criação de zonas de espera para veículos pesados, assim como a melhoria do processo de controlo de identidade e confirmação de autorização de acesso dos motoristas.

«Se não seguires as regras vamos-te partir todo»

PJ investiga ameaças feitas aos estivadores de Leixões

A unidade especializada em crimes violentos da Polícia Judiciária (PJ) está a investigar alegadas ameaças feitas aos estivadores do porto de Leixões que se recusam a participar na greve, pelo menos, às horas extraordinárias, noticia esta segunda-feira o Jornal de Notícias.

Em causa estarão ameaças escritas, perseguições a estivadores em formação, invasão de instalações, esperas à porta de casa e avisos deixados nos para-brisas dos carros dos trabalhadores praticadas em contexto de greve. Segundo o JN, a Polícia Marítima, a PSP e a GNR já terão recebidos várias queixas-crime a reportar o sucedido.

Se não seguires as regras vamos-te partir todo” ou “soubemos que ontem voltaste a fugir às regras. Prepara o corpo para levar porrada”, são algumas das ameaças divulgas pelo JN.

«Interesse do presidente do SEAL no seu desejo de protagonismo e poder»

AGEPOR acusa SEAL de usar e abusar dos trabalhadores do Porto de Setúbal

A AGEPOR - Associação dos Agentes de Navegação de Portugal acusa o SEAL - Sindicato dos Estivadores e Atividade Logística de usar e abusar dos trabalhadores dos portos de Lisboa e Setúbal numa alegada "estratégia de poder contra outros sindicatos".

"As greves em Lisboa e em Setúbal não têm nada a ver com a defesa dos interesses dos trabalhadores. Têm apenas a ver com o interesse do presidente do SEAL no seu desejo de protagonismo e poder. E com a sua política de greves permanentes. A sua atividade preferida é decretar greves quando devia ser a defesa do futuro dos trabalhadores", acusa a AGEPOR.

Uma nova Rota da Seda chinesa com escala em Portugal

Presidente da República da China, em visita de dois dias, pretende aprofundar "uma parceria voltada para o futuro" com um país que é um "ponto importante de ligação".

Portugal apresenta duas grandes mais-valias: é uma porta de entrada na Europa comunitária e ainda ocupa uma posição influente em África. Por isso, Lisboa tem insistido na inclusão de uma rota atlântica no projeto, com enfoque no Porto de Sines, uma posição que tem vindo a conquistar os responsáveis chineses.

O próprio presidente chinês, em artigo de opinião publicado nesta edição, realça as "vantagens naturais" da cooperação. Portugal "é um ponto importante de ligação entre a Rota da Seda terrestre e a Rota da Seda marítima".

Embaixador chinês confirma memorando sobre Faixa e Rota

O Embaixador da República Popular da China em Portugal, Cai Run, confirmou esta segunda-feira a intenção de Lisboa e Pequim subscreverem um entendimento no quadro da Iniciativa Faixa e Rota, a estratégia internacional de iniciativa chinesa para construção de infraestruturas em corredores de logística comercial.

O interesse em atrair a China para os portos portugueses tem vindo a ser manifestado em vários momentos pela Presidência da República e pelo governo português. Sines e o porto de águas profundas da Praia da Vitória, no Açores, são vistos como infraestruturas com capacidade de atração de empresas chinesas.

Impulsionada pela geografia do país e pelas potencialidades do Porto de Sines

Tirar o máximo partido da confluência entre a linha terrestre da Rota da Seda e a sua linha marítima

O objectivo de Portugal é tirar o máximo partido da confluência entre a linha terrestre da Rota da Seda e a sua linha marítima, potenciada pela geografia do país e pelas potencialidades do porto de Sines, um dos raros portos de águas profundas europeus na confluência entre continentes (onde os grandes navios contentores podem acostar).

SINES

Portugal anuncia acordo para integrar porto estratégico à nova Rota da Seda

Lisboa, 29 nov (EFE).- Portugal assinará um acordo com a China para ligar o Porto de Sines, no litoral atlântico, à nova "Rota da Seda", o mega projeto de integração comercial promovido por Pequim.

O acordo foi antecipado pelo primeiro-ministro de Portugal, António Costa. O pacto deve ser assinado durante a visita a Lisboa do presidente da China, Xi Jinping, entre os dias 4 e 5 de dezembro.

"Queremos assinar um memorando esta semana para a integração do Porto de Sines à Rota da Seda", anunciou Costa num encontro com correspondentes estrangeiros.

FNSTP acusa Sindicato dos Estivadores (SEAL) de usar os trabalhadores portuários de Setúbal para criar um conflito

Segundo a federação sindical, os trabalhadores portuários de Setúbal foram para o SEAL “um instrumento, um pretexto para criar um conflito e formas de luta laboral, que leve as autoridades e os operadores portuários a discutir com o SEAL, não as condições do Porto de Setúbal, mas, sim, as dos portos de Sines e de Leixões”.

Yilport Leixões cresce 1,8% até Setembro e reforça quota de mercado no sistema portuário nacional

Em comunicado, a Yilport Leixões, concessionário do terminal de contentores do porto nortenho, realça o facto do Porto de Leixões – e a Yilport Leixões – ter sido «o único a crescer na movimentação de contentores entre Janeiro e Setembro», segundo os dados divulgados pela Autoridade da Mobilidade e dos Transportes (AMT).

Navios de mercadorias no Porto de Setúbal de 3 a 7 de Dezembro

Estão previstos no Porto de Setúbal um total de 16 navios de mercadorias para o período de 3 a 7 de Dezembro. Por classificação: Porta-Contentores: 2 | Petroleiro: 3 | Carga Geral (single e multi deck): 3 | Tanque: 1 | Transporte Especial: 4 | Transporte de Gás Liquefeito: 1 | Transporte de Cimento: 1 | Navio Frigorífico: 1

PORTO DE LEIXÕES

Terminado com grande sucesso o primeiro embarque dos automóveis da Autoeuropa

O Porto de Leixões terminou na tarde de sexta-feira, 30 de novembro, pelas 17 horas, o primeiro embarque dos automóveis da Autoeuropa, operação que decorreu com grande sucesso.

“O sucesso desta operação revela que Leixões está, de facto, preparado para fazer parte das soluções e para responder às necessidades de movimentação e exportação de viaturas automóveis”, afirma a APDL – Administração dos Portos do Douro, Leixões e Viana do Castelo.

APDL nega existência de 150 trabalhadores eventuais no Porto de Leixões

Em comunicado divulgado sexta-feira, a APDL – Administração dos Portos do Douro, Leixões e Viana do Castelo esclarece que não é verdade que existam 150 trabalhadores eventuais no Porto de Leixões, refutando assim a informação avançada pela RTP na terça-feira, dia 27 de Novembro.

DGRM desmente noticias sobre TUPEM relativo a dragagens no Sado

A Direção Geral de Recursos Naturais, Segurança e Serviços Marítimos (DGRM) informa que não foi tomada qualquer decisão sobre nenhum TUPEM (título de utilização privativa de espaço marítimo) relativo a dragagens no rio Sado e desmente as notícias divulgadas sobre esta matéria. A DGRM reforça que todas as notícias vindas a público nesse sentido são completamente falsas.

«Não foi possível chegar a acordo» com os estivadores do Porto de Setúbal

Após três dias de negociações no Ministério do Mar, a Operestiva anunciou que “não foi possível chegar a um acordo”. Num comunicado enviado às redacções, a empresa disse ainda que esta falha se deveu à “intransigência dos representantes sindicais quanto aos portos de Leixões e de Sines”. Já o Ministério do Mar acusa os representantes do sindicato dos estivadores de utilizarem os trabalhadores “como moeda de troca para uma luta de poder sindical”.

MINISTÉRIO DO MAR

COMUNICADO: «A PRECARIEDADE NO PORTO DE SETÚBAL PODIA TER ACABADO HOJE»

A precariedade no Porto de Setúbal podia ter acabado hoje. Essa era a vontade explícita deste governo e de todas as partes sentadas à mesa das negociações.
Nestes três dias todas as partes concordaram em alterar o regime laboral no porto de Setúbal acabando com a precariedade;
Todas as partes concordaram em fixar quadros permanentes e aceitaram as principais condições contratuais. Como concordaram e aceitaram a intervenção da Administração Portuária e do IMT. Conseguimos mesmo garantir que os operadores, publicamente, revissem as suas condições aumentando as vagas inicialmente oferecidas.

Porto de Sines realiza simulacro de segurança

Decorreu esta sexta-feira, 30 de Novembro, um simulacro de segurança no Porto de Sines que teve como objetivo treinar a articulação e comunicação entre diversas autoridades e agentes económicos que operam nesta infraestrutura portuária.

PORTO DE LISBOA

MV «STENA BLUE SKY» abastece bancas ao largo

O Porto de Lisboa recebeu o navio tanque gás liquefeito STENA BLUE SKY, agenciado pela Navex, para abastecimento de combustível ao largo (bancas). Este navio, que se encontra fundeado entre a Ponte 25 de Abril e Belém, possui 97.754 t. de GT, 285.4 metros de comprimento, 43.44 metros de boca, 11.8 metros de calado, 28 tripulantes e bandeira do Reino Unido.

Embaixador Cai Run:

Portugal é importante para a «One Belt One Road»

Descrevendo a ideologia por detrás da obra literária ‘A Governança da China’, o embaixador Cai Run realçou a importância de Portugal no contexto da mega-iniciativa chinesa da One Belt One Road – «Portugal é importante para a One Belt One Road, o projecto chinês para incentivar o comércio e a prosperidade a nível global, inspirando-se na antiga rota da seda que ligava a Europa ao Extremo-Oriente», afirmou.

Investimentos no Porto de Sines apontam para criação de 1600 novos empregos

Os investimentos previstos no Porto de Sines devem vir a criar, num futuro próximo, cerca de 1600 novos empregos e são tidos, pela dimensão que encerram em si, como principais destaques no âmbito do desenvolvimento económico da região e do país.
Quem o diz é Nuno Mascarenhas, Presidente da Câmara Municipal de Sines, que salienta a importância da infra-estrutura portuária para este concelho do litoral alentejano.
 

CONTENTORES

Sines (com quota nacional recorde de 58,2%) e Leixões forçam remontada

O relatório da AMT, que analisa os dados da movimentação de mercadorias nos portos do Continente, dá especial enfoque ao segmento da carga contentorizada: entre Janeiro e Setembro foram processados 1,4 milhões de unidades e 2,25 milhões de TEU, valores que indicam «uma recuperação» no movimento global de contentores.

Esta «relativa recuperação», como caracteriza a AMT no documento, «deve-se às variações positivas de Leixões e de Sines no que respeita ao número de contentores, onde Sines regista o valor mais elevado de sempre, e Leixões é o responsável pelo bom desempenho em volume de TEU», detalha a entidade.

Total: 3768